Os hinos de vitória - parte II (os senhores da guerra)

É chegada a hora. O medo já passou.
Há anos incontáveis observávamos temerosos os muros altos e grossos, as pontas de lança iluminadas no alto das torres de vigia.
Tinhamos medo, já não temos mais.

Foram séculos de pavor e exploração. Pagavamos mais e mais, e sempre havia mais um imposto, uma taxa, um suborno.
Nossas crianças eram levadas, nossas mulheres exploradas, nossos homens abusados e degolados.
Já não havia memória de paz em toda a terra.
Chega!
Já acabou!

O medo já não é mais nosso.
Aqui estão homens a espera, todos unidos ao destino desta terra.
De nosso sangue nascerá um mundo novo.
São.
Extirparemos a doença, acabaremos com o câncer!
A cidade queima!

E aqui fora, cantamos hinos de vitória!
Nós, os senhores da guerra!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

"A beleza do morto"

A demasia do excesso.

Sabedoria canina