Dois e meio.

- Boa noite moça, tudo bem?
- Tudo ótimo.
- E ai, como foi o encontro do pessoal lá no João?
- O pessoal não foi, fomos só eu e o Walter.
- Hum...
- Ficamos bebendo um pouco e depois cantamos Legião. kkkk
- Que massa, amizade é isso. Muitos sorrisos sem precisar de muita firula.
- Pois é, depois vimos umas besteiras na internet, e o Walter só bebendo. kkkk no final o póbe tava de olho trocado.
 - kkkkkkk, já é né?
- Pois é... ei, vou ficar off line aqui.
- Tudo bem, eu to de saída já.
- Vaila, porquê?
- Tenho que arrumar umas coisas, amanhã vou viajar.
- Ei, posso te dizer só uma coisa?
- Fala.
- Acho o mundo muito injusto.
- ????
- Sério, deveriam haver dois de você.
- Concordo.
- Hahahaha.
- Bem, eu sei o meu porque, qual é o seu?
- Fala primeiro o teu que digo o meu depois.
- Pq eu queria vc, ao seu lado me sinto bem.
- O meu motivo é o mesmo. Deveriam ter dois de ti, e um deles ser meu. Vc tem tudo que eu quero, que eu preciso...
- Poxa... uma das coisas que eu mais queria era poder passar a noite deitado com vc, vendo alguma coisa na TV, só como uma desculpa pra enrolar o tempo enquanto passava a mão no seu cabelo e rindo de alguma besteira qualquer entre um beijo e outro.
- ...
- E o que é que eu faço agora moça? Peço desculpas?
- Não peça... Eu queria isso... Queria ir aos lugares que você vai, queria ouvir suas histórias. Te botar no colo pra descansar depois do trabalho... Mas não tem o que fazer né? Só compartilhe da minha indignação. Isso basta. E do resto, é aproveitar o máximo que der na nossa amizade.
- Pois é...
- Bem, vá lá que essa mala não se arruma só.
- Era exatamente por causa disso que eu tava tão estranho naquele dia quando falei que precisava ficar um pouco distante... eu sei que vc mexe comigo. Acho absurdo como vc consegue ser ao mesmo tempo, linda, inteligente, sensível, ter uma risada gostosíssima, gostar de bons livros, de boa musica...endim
*enfim
- Eu admiro as mesmas coisas em vc. Admiro vc todinho... É tudo tão reciproco.
- Pera, ei, sempre que escuto lembro de vc ( http://www.vagalume.com.br/kings-of-leon/closer.html) Enfim... te amo, de verdade... mesmo que eu não possa estar completamente com vc, eu quero estar aqui pra quando e pra que vc precisar.
- Pois vai ser assim... Eu amo vocÊ (*você) e vou dormir bem mais leve pq sei que esse amor é via de mão dupla.
- Quer saber, acho que ninguém vai entender o pq, mas dentro do avião vai ter um besta com um sorriso de orelha a orelha. hehe. Deseje-me boa viagem.
- Boa viajem! Vai dar tudo certo por lá. Pera... eu escrevi errado né? É com "g"?
- Sei lá. kkkkkkkk
- De todo modo, o que vale é a intenção. E que agora to rindo pq sei que mesmo que mesmo não sendo por inteiro, mas esse amor é verdadeiro e mútuo.

.
..
...

Ela o queria em dobro...
Daquele dia em diante, ele nunca mais conseguiu ser mais que uma metade...


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

"A beleza do morto"

A demasia do excesso.

Sabedoria canina